FOTOS E POSTAGENS ATUALIZADAS ESTÃO AGORA NO BLOG NOVO: www.tarcioviuassim2.blogspot.com

NOSSO ADEUS AO GRANDE MESTRE ULISSES

Faleceu no domingo (12) no Hospital Boa Viagem, no Recife, de falência múltipla dos órgãos, aos 96 anos, o maestro Ulisses de Souza Lima. O seu sepultamento aconteceu na segunda-feira,13, em Belo Jardim.  (fotos AQUI) Ulisses Lima é Cidadão Tuparetamense, tendo recebido o título em abril de 2002.  ''Mestre Ulisses'', como era conhecido nos meios musicais de Pernambuco, era o mais velho maestro de Banda em atividade aqui no Estado e talvez no Brasil. Ele dirigiu durante mais de 60 anos a Sociedade de Cultura Musical de Belo Jardim, tendo passado pelas suas mãos nessas seis décadas de atividade centenas de músicos que hoje estão espalhados por todo o Brasil.

O mestre nasceu em São João do Cariri no dia 22 de novembro de 1913. Aos seis anos de idade mudou-se com a família para Brejo da Madre de Deus, onde começou a aprender música. Em 1935, já regente de banda, transferiu-se para São José do Egito para reger a Banda de Música Santa Cecília, a convite do seu então presidente Cícero David. Em São José do Egito fez sua primeira composição e em 1938 casou-se com Maria José Leite (hoje com 95 anos).  Nesta mesma época atuou como regente e instrutor da música da também recém formada Banda Philarmônica Bom Jesus, em Tuparetama (na época Distrito Bom Jesus).

Do Pajeú, Ulisses se transferiu para Sertânia para reger a Banda 6 de Junho da qual fizeram parte, entre outros, o maestro Francisco Dias de Araújo, o ''Francisquinho'', fundador da Orquestra Marajoara e pai do engenheiro e ex-presidente da Chesf Mozart de Siqueira Campos Araújo. Em 1942 recebeu convite para reger a Sociedade de Cultura Musical de Belo Jardim que tenha como um de seus diretores João Bezerra Filho, pai do atual deputado federal José Mendonça (DEM). 

O Mestre Ulisses voltou a trabalhar com música em Tuparetama e São José do Egito nas gestões públicas de  1996 a 2000, a convite dos prefeitos dessas duas cidades, sendo mais uma vez o responsável pela formação de uma nova geração de ótimos jovens músicos da região, hoje atuando como profissionais e professores nesta área cultural.

Professor Ulisses também teve atuação política em Belo Jardim. Foi vice-prefeito do município e um dos fundadores do MDB local.  Uma de suas últimas composições (entre dobrados, marchas, valsas, frevos, cirandas, maracatus, etc. fez mais de 300) foi o dobrado a que deu o nome de ''Governador Eduardo Campos''.

Com informações do BLOG DE INALDO SAMPAIO.
Foto: Ulisses entre sua filha Conceição (à esquerda) e sua esposa Maria José

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails