FOTOS E POSTAGENS ATUALIZADAS ESTÃO AGORA NO BLOG NOVO: www.tarcioviuassim2.blogspot.com

Começou mal...

A cidade comemora seu padroeiro, abrindo o período de festejos juninos. A noite era de Santo Antônio, mas o homenageado é o Sagrado Coração de Jesus, o padroeiro da cidade. Essa confusão de datas armada pelo calendário católico local foi a falta menor, digamos assim. Outras falhas que realmente prejudicam a festa ( e devo esclarecer desde já que me refiro à programação de rua, às apresentações artísticas e musicais) se repetiram nessa primeira noite, as mesmas falhas de anos anteriores. Vou citá-las pela ordem crescente de gravidade:

1) O tempo vazio entre o final da celebração da missa e o início das apresentações artísticas. Geralmente a missa termina às 21 horas e claro, o ideal seria o início imediato das apresentações. Na noite de ontem as poucas pessoas que agüentaram esperar pela festa amargaram duas horas de ‘nada”. Não um nada absoluto porque a banda da noite, uma tal OGIVA perturbou esse tempo vazio com uma incômoda afinação de instrumentos e passagem de som que resultou na hora do show em ....péssimo som.
Essa demora no início da festa de rua é ruim para muitos: exclui os idosos, que costumam dormir cedo e não aproveitam a festa tardia e exclui os que trabalham no dia seguinte pois também não podem dormir tarde. Claro que não há nenhum motivo importante para que um grupo musical só suba ao palco depois das 23 horas, é apenas um problema/defeito de organização. E se esse horário for exigência da banda, por que não preencher o tempo vazio com apresentações de quadrilhas da cidade ou das cidades vizinhas? Só não recomendo a alternativa de bingos todas as noites como se tentou no ano passado, haja dinheiro e boa fé.
2) A falta de cuidados com a seleção dos artistas e bandas, ou pelo menos com o repertório desses artistas. Afinal trata-se de um festejo religioso. É sabido que essas atrações musicais são patrocinadas por políticos, comerciantes e empresários mas quem disse que "a cavalo dado não se olha dos dentes"? Por culpa desses descuidos, os padrinhos da festa já passaram por constrangimentos que infelizmente se repetiram na noite de ontem.
A festa começou com a Banda Ogiva e começou mal. No palco montado ao lado da Igreja Matriz rebolavam três moçoilas de vestidinho laranja curtíssimo, com cinturas roliças e bundinhas expostas, enquanto o cantor desfiava músicas do intragável forró-estilizado com letras (?) sobre cachaceiros, bebedeiras, cabaré, raparigagem, sacanagem de duplo sentido, de sentido direto e sem sentido... amostras do pior tipo de música que há, fazendo apologia ao álcool, à traição, à exploração sexual da mulher e à violência. O mais estranho é que ninguém da organização da festa tomou as necessárias providências para encerrar aquela desmoralização cultural. O mais incrível ainda é que a tal “atração” foi uma oferta (indireta) da prefeitura do município, patrocinada pelo Governo do Estado via Fundarpe. Fundarpe! Pelo menos é o que propagavam os banners no palco.
3) Comércio de bebidas alcoólicas. Até onde se pode ir pelo dinheiro, pelo lucro? Qual o limite moral para a obtenção de recursos financeiros? Eu entendo que esses limites devem ser curtos e rígidos para as religiões. Suas ações devem ser éticas e responsáveis. Vá lá que se tolere a venda de bebidas alcoólicas por terceiros nas festas religiosas, não me parece correto mas pelo menos há desculpas para isso: a geração de renda e a liberdade de consumo de quem quer beber. Agora pelo amor de Deus, ou pelo amor do Sagrado Coração de Jesus, alguém me dê uma só justa causa para a barraca de bebidas da igreja.



Banda Ogiva no palco. E eles ainda se despediram cantando: "vamos simbora pra um bar, BEBER, cair e levantar..."

15 comentários:

HESDRAS SOUTO disse...

Barraca de bebiba da igreja???
cadê o exemplo?
O EXEMPLO é sagrado, foi através do EXEMPLO que JESUS Ensinou e não com um discurso hipócirta!!!

PÉSSIMA IDÉIA A IGREJA TER COLOCADO UAM BARRACA DE BEBIDAS...

Anônimo disse...

olha tarcio admiro seu trabalho.
mas porque só esse ano vc féz essas criticas.
sera que vc e de outra religião e agora ta atacando nossa igreja.
olha quando for fazer essas coisa var dizer aos organizadores,e não use seu site pra detonar a festa do padroero e as festas das nossa
cidade.
logo vc q se acha tão instruido e tão inteligente,antes de fazer uma critica pençe bem.

Anônimo disse...

O que deve ser condenado São os vícios, pois o mesmo Jesus que simbolicamante esta de braços abertos na Igreja Matriz e não passa de uma velha estatua de gesso, É mesmo que fez o milagre da transformação da água em vinho, O que deve pesar na conciência dos organizadores é não fornecer bebida alcólica para menores, porém quem São esses organizadores?? com certesa são " Educadores¨ porém estes eventos tem seus fins lucrativos, o que pesa mais do que a própria e pequena conciência de tais. É lamentavel, mais fazer o que cada indio tem sua tribo...

Hesdras Souto disse...

Só se faz críticas quando se pensa bem...Quem deveria ter pensado bem, é quem resolveu botar um barraca de bebidas... Tuparetama já não oferece perspectiva de futuro pra seus jovens... e ainda por cima uma instituição religiosa fazer contribuir pra tal!

A CRÍTICA TEM QUE SER FEITA, INDEPENDETE DA RELIGIÃO OU DO PARTIDO!!!

E é preciso ter coragem pra criticar e mostrar a cara!!!

Tárcio, continue mostrando o que muitos não veêm!!!

TARCIO VIU ASSIM disse...

Caro(a) anônimo(a)que disse que estou atacando a igreja:
Peço que releia com mais atenção o texto que escrevi. Não é por ser de outra religião (espírita) que fiz as críticas aos aspectos negativos da festa (atraso no início das apresentações artísticas, bandas de qualidade inferior e venda de bebidas alcoólicas). Pelo contrário, procuro apoiar e colaborar para a realização da festa naquilo que me é solicitado e que minhas limitações permitem. Também colaboro com a divulgação e cobertura da festa nos blogs aos quais tenho acesso.
-
Não tenho nenhum preconceito e nenhuma reserva contra a Igreja Católica, minha formação cristã é católica, mantenho grande respeito por essa religião. Sempre fui crítico em relação a algumas questões como a venda de bebidas alcoólicas nas festas religiosas, desde quando eu participava da pastoral da juventude.
-
Ou seja, não tenho intenção em difamar ou atrapalhar a festa do Padroeiro, pelo contrário, faço minhas críticas por ser um tuparetamense envolvido com a política cultural e com os eventos festivos do local. Gosto de participar desses eventos e quero que eles sejam cada vez melhores, por isso meus comentários.
-
Minhas críticas não se dirigem somente aos padrinhos da festa deste ano (que são pessoas da minha estima e de quem recebo o mesmo apreço) afinal a organização da festa cabe a um grupo muito maior e mais amplo, envolvendo as pastorais, grupos de leigos e pessoas da comunidade. E como citei, as falhas são antigas, vêm se repetindo a cada ano.
-
Teria imensa alegria em constatar que nas próximas festas do Padroeiro meus irmãos católicos envolvidos na sua organização não mais se ocupassem da venda de bebidas alcoólicas. O consumo de álcool parece estar crescendo entre os jovens e sobretudo entre as mulheres. O alcoolismo é uma triste realidade entre nós, destruindo tantos projetos de vida, tantas famílias. É hipocrisia combater esse mal com palestras e campanhas de um lado e incentivar seu consumo por outro lado, com a venda.

Anônimo disse...

parabéns Hesdras Souto por sua coragem de falar essas coisas.mas pença bem tu já conviveu com muitos jovens. e nunca vi vc dando conselhos a ninguem a nenhum jovem
entretantanto agora ta dando um de santinho.
olha pença bem antes de fazer essas criticas,pois vc deve dar exemplo para da conselhos.
sei q eles estão errando mas fazer o que a vida e assim muitos vão pra o caminho errado mas não e por falta de concelhos.
abraço Hesdras Souto.

Hesdras Souto disse...

Amigo(a) Anônimo!
Não dou conselhos porque não cabe a mim fazer isso, afinal não sou pai ou mãe de ninguém.
Quanto as pessoas que eu ando, se bebem é por conta própria, e não é com meu dinheiro que elas fazem isto. Eu particularmente não bebo, e é assim que pretendo educar meus filhos, se um dia tiver. Portanto, quem "Pariu Mateus que o Balance". Quem tem que educar os filhos são os Pais, mas só se dá um boa educação... quando se recebe uma!

p.s: "Nunca dei uma de santo, todo mundo sabe o que eu já fiz, e quando fazia era pra todo mundo vê, nunca tive medo de mostrar a cara. Hoje, além de não ter mais idade pra determinadas coisas, tenho responsabilidade."

Forte Abraço Anonimo(a)

Anônimo disse...

Quando separaram a festa do Sagrado Coração de Jesus,da Festa Junina, a desculpa era que as pessoas iam pra missa pensando na festa. Mas, num entendo, tem festa do mesmo jeito! Na verdade, o que se almejava era mais rendimento em dinheiro para igreja. Se é uma festa pra Deus, por que não coloca grupos e cantores de louvores? É aquele famoso ditado: FAÇA O QUE EU DIGO, MAS NÃO FAÇA O QUE EU FAÇO! Ótimo exemplo de fé: bebidas alcólicas, músicas pornográficas e de péssimo gosto e muitas outras coisas! Estou contigo, Tárcio, tem mais é que falar mesmo, somos livres pra nos expressar, e afinal,rsrsrs,o blog é seu, né não?
Que o Sagrado Coração de Jesus tenha piedade de todos nós!
beijosss!!!!

Anônimo disse...

IÊÊÊBA! QUEM JÉ VIU FESTA SEM BEBIDA, DÁ DINHEIRO?
QUEM JÁ VIU FESTA SEM PROPOSTA DE "CULTURA", ATRAIR "GENTE"?
QUEM JÁ VIU QUEM CULPADO ASSUMIR O ERRO?

A FESTA "CULTURAL" DO PADROEIRO, DESTE ANO FOI MARCADA POR BRIGAS, DROGAS, PROSTUIÇÃO E ETC...

FESTA DE IGREJA TEM QUE SER QUERMESSE COM COMIDAS TÍPICAS, SHOWS RELIGIOSOS E ETC...

MAS EM TUPARETAMA HOJE EM DIA TUDO PODE NÃO É?

TÁRCIO, HESDRAS, ANÔNIMOS, É NECESSÁRIO QUE HAJA QUE CRÍTICAS, PARA QUE ABRA-SE UM DIÁLOGO JUNTO À SOCIEDADE, PARA O VEM ESTÁ ACONTECENDO.

NÃO VALE DARMOS UMA DE PILATOS

SÓ LEMBRANDO PILATOS NÃO É UM PEIXE QUE TEM NO RIIIIIIIIOOOO!

QUE JESUS CRISTO, VERDADEIRO CAMINHO TENHA COMPAIXÃO DE NÓS!


ABRAÇOS!

ANTONIO DE MARIA

Anônimo disse...

ta explicado meu amigo HEDRAS.
não vou mas le criticar pois estou muito acima dessas coisas.
me perdoe se le ofendi.
abraço.

Hesdras Souto disse...

Não me ofendeu de forma alguma, Amigo Anônimo! Mas se você está acima disso, Eu estou a ANOS-LUZ!
Mas queria lhe perguntar algo...
Porque não escreve seu nome?
É tão chato conversar com quem não existe!!!

Abraços

Anônimo disse...

ess anônimo aí deve ser bem mariana teles, que vive reclamando de tudo... do jeito q ela né xata...

mas continuo sendo sua amiga

Anônimo disse...

sou mulher não sou homem.
mas deixe pra outra hora eu te falo quem sou.
abraço.HEDRAS.

Hesdras Souto disse...

Ficaria grato em saber seu nome. Poderiamos conversar mais sobre esse assunto que está causando polêmica!

abraçosss

camarote69disponivel disse...

-----> cidreane renata:
Q babado foi esse? dessa festa do padroeiro? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
so o q tem de texto pow....
mas afinal de contas resolveram o q?
O pior q ñ adianta esconder o errado,é inevitável comentar como esta festa esta horrivel! é o q se comenta por aki em recife afffff

alcoolismo e prostituição!vc só sabe se ver alguem de sua familia arruinado por estes males!
e aí vc daria razão....
q ver as pessoas alcoolatras q tem ai em tupa? e so ir pra rua nas festas e ficar até o final muitos caidos nas calçadas!!!!!!!!!!!!!
issoooooooooo é péssimooooooooo

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails