FOTOS E POSTAGENS ATUALIZADAS ESTÃO AGORA NO BLOG NOVO: www.tarcioviuassim2.blogspot.com

RIO PAJEÚ EM AGOSTO







3 comentários:

antonio jose disse...

PAJEÚ,
quantas histórias tu guardas?
PAJEÚ,
conta-me ao pé do ouvido.
PAJEÚ,
porque teimas em calar?
PAJEÚ,
é medo de revelar?
PAJEÚ,
o que já está perdido?
PAJEÚ,
foi o tempo que apagou?
PAJEÚ,
te tranformando num mito?

Vozes do Campo disse...

PAJEÚ
Pajeú, teu cenário me encanta
Desde a voz do vaqueiro aboiador,
Ao Verão que desbota a cor da planta,
E a abelha que bebe o mel da flor.

O refúgio da caça que se espanta
No chiado dos pés do caçador,
A romântica canção que o rio canta
Na passagem de um ano chovedor.

Quando a chuva da nuvem inunda as grotas
O volume da água banha Brotas,
e onde a curva do rio faz um U...

Nasce um pé de esperança no teu povo;
Tudo indica que Cristo quando novo
Aprendeu a caminhar no Pajeú.

(João Paraibano)

EDVAN CESAR PESSOA disse...

Tarcio em alguns pontos o Pajeú parece intocavel com sua mata em volta...diferentemente do lixo e dos arames que o divide quando passa em nossa cidade especificamente na Ponte do Pajeú em nosso municipio.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails