FOTOS E POSTAGENS ATUALIZADAS ESTÃO AGORA NO BLOG NOVO: www.tarcioviuassim2.blogspot.com

O fim do Pajeú Clube

última imagem do PC -julho de 2008

momento da demolição




Fotos acima: antes da demolição, a retirada de telhas e madeira para utilização em outras obras da prefeitura municipal.




Fotos da demolição: Mª do Socorro Silva Leandro (Casa da Cultura)

Na semana passada foi demolido o Pajeú Clube de Tuparetama. O 1º clube construído na cidade e o único existente até então. Mas desde 2006 o prédio estava interditado, sem funcionar, sob ameaça de desabamento. Com o fim do Pajeú Clube, mais uma parte da história da comunidade "se desmancha no ar", reflexo da falta de cuidados com o nosso patrimônio. Como o Pajeú Clube outros imóveis de valor histórico e cultural já tombaram por não receberem a atenção merecida.
O Pajeú Clube pertencia a uma associação criada com a finalidade de construir e manter o prédio. Há cerca de 20 anos a associação caducou e somente há 2 anos o imóvel foi repassado à Prefeitura do município que construirá no local um novo clube.

Um pouco de história: A idéia do Pajeú Clube começou a tomar forma numa reunião com representantes de vários segmentos da sociedade local, no dia primeiro de outubro de 1950. Sócios fundadores do Pajeú Clube de Tuparetama: Antônio Gomes de Vasconcelos, Antônio Souto de Siqueira, Antônio Ferreira de Brito, Abraão Pedro de Lima, Djalma Leite Perazzo, Elias Felipe Pessoa, Francisco Zeferino Pessoa, Francisco Gomes Ferreira, Francisco Chaves Perazzo, Francisco P. Pedrosa, Felipe de Souza Leite, Geraldo Pedro dos Santos, Geovane Cavalcante Venâncio, João Venâncio de Aragão, João Tunu da Costa, João Davi de Medeiros, João Leite Perazzo, João Cândido de Lira, José Severo de Siqueira, José Vigovino da Silva, José Zezinho de Souza, João Felipe de Lima, José Valdevino Sobrinho, João Valdevino, José Severo Perazzo, Levino Alexandre dos Santos, Maria Ivete Pessoa, Manoel Rodrigues de Freitas, Manoel Rodrigues de Barros, Pedro Chaves Perazzo, Severino Souto de Siqueira, Severino Gerônimo Sobral e Valfredo Leite de Souza.
A construção da sua sede, na Rua Monsenhor Rabêlo, teve início em 1957. Os sócios fundadores do clube mobilizaram-se com os demais munícipes em busca dos recursos necessários, para isso não medindo esforços. Fazendeiros e pequenos agricultores, pobres e ricos, jovens e adultos, todos cntribuíam com doações ou serviços. No dia 18 de março de 1957 o Pajeú Clube de Tuparetama, “clube recreativo, esportivo, literário e cultural” foi registrado às fls. 107 do livro B-1 sob o nº 41 no Cartório do 1º Ofício de Tabira. A planta original do Pajeú Clube é do engenheiro José Lessa de Oliveira concunhado de Francisco Zeferino, enviada do Recife, onde residia. O terreno foi doado por Francisco Chaves Perazzo. O mestre de obras responsável pela construção foi José Vigovino da Silva.
No decorrer dos anos o patrimônio do Pajeú Clube foi sendo sucateado. Mesas, cadeiras, geladeira, equipamento de bar e equipamento de som sofreram os desgastes naturais do tempo e não foram substituídos pelas diretorias.
O prédio passou por várias reformas e ampliações para atender ao crescente público dos bailes. Essas interferências apressadas e descuidadas comprometeram as características arquitetônicas originais do prédio e deram-lhe uma fachada cômica, de tão feia.
Essas diretorias não procuraram –ou não conseguiram- transformar a associação num clube também esportivo, literário e cultural, tampouco incentivar a participação dos tuparetamenses como sócios contribuintes.

27 comentários:

Márcia disse...

Suas fotos representam mui bien tudo o que acontece por aí.Abraços.Pietra

Eduardo Rabêlo disse...

Mesmo em caráter de reforma, é triste a gente vê, o nosso Pajeú Club em poeira. Pena que a associação que fazia dele propriedade privada não teve os cuidados necessários para sempre viril. Tenho ótimas recordações do nosso clube predileto. Espero que agora entregue a prefeitura possamos desfrutar de uma espaço para o social, seja quem for o gestor.
Valeu Tarcio, pelo seu trabalho incansável jornilsmo on line, graças a você guardarei fotos do nosso "chodó" PAJEÚ CLUB.

Anônimo disse...

Tarcio o que será feio no lugar?

Graça disse...

Concordo com tudo que disse o Eduardo, pois já participei de muitas festas no Pajeú e hoje mesmo a distancia acompanho tudo que acontece na minha amada cidade natal, isso graças ao Tarcio.

Tarcio obrigada!!!!!!!

Só saudades.

Graça/RJ

Anônimo disse...

Como o colega Eduardo, compartilho de recordações semelhantes do nosso Pajeú Club.Lembranças inesquecíveis de momentos, extremamente, importantes para minha formação psico-sócio-cultural. Mesmo tendo vivido pouco tempo em Tupã este período repercuti nos meus 23 anos na cidade, a qual escolhi como minha (SP).olo.

maria alice disse...

como estive no momento da demolição!realmente é triste ver um lugar q marcou em nossas vidas!
mas,o bom disso é q construirão outro maior e melhor!

cidreane

Anônimo disse...

Quem vive de passado é museu! O problema é se não construirem algo melhor no lugar. O que seria da enonomia dos país se resolvecem deixa todas as construções as caracteristicas do projeto inicial. Tuparetama não é e nunca foi um cidade turística, acredito também que tudo aquilo que estimule o desenvolvimento e crescimento da cidade é benefíco.

Não sei pra vocês, mas min veio vários idéias dessa construção. Como por exemplo, unir a casa da cultura com a nova construção.

Com você corpartinho a saudades do existindo Pajeú Club, namorei muito ai rsrs e levei muito forá né Eduardo. hauahauh

Pedro Sérgio disse...

Se a Demolição é pra construir algo novo, Muito bem! O Novo é sempre bem vindo, concordo plenamente, é melhor uma demolição que uma tragédia, o que não pode deixar cair no esquecimento e se permitir novamente, é que por mais 40 anos, como é fato, muitos estiveram a frente, e o conduziram para o que se tornou, Apesar de que, ele sempre esteve lá, para receber muitos que usufruíram de muitas e diversas formas. É Lamentável A perda, mas, é preciso. O Passado é parte da historia de qualquer ser humano, de qualquer cidade! Uma cidade, ou uma pessoa sem historia, são apenas anônimos no meio da multidão, e do tempo que passa e não volta mais...

pedro sérgio Leite disse...

Antônio Gomes de Vasconcelos, Antônio Souto de Siqueira, Antônio Ferreira de Brito, Abraão Pedro de Lima, Djalma Leite Perazzo, Elias Felipe Pessoa, Francisco Zeferino Pessoa, Francisco Gomes Ferreira, Francisco Chaves Perazzo, Francisco P. Pedrosa, Felipe de Souza Leite, Geraldo Pedro dos Santos, Geovane Cavalcante Venâncio, João Venâncio de Aragão, João Tunu da Costa, João Davi de Medeiros, João Leite Perazzo, João Cândido de Lira, José Severo de Siqueira, José Vigovino da Silva, José Zezinho de Souza, João Felipe de Lima, José Valdevino Sobrinho, João Valdevino, José Severo Perazzo, Levino Alexandre dos Santos, Maria Ivete Pessoa, Manoel Rodrigues de Freitas, Manoel Rodrigues de Barros, Pedro Chaves Perazzo, Severino Souto de Siqueira, Severino Gerônimo Sobral e Valfredo Leite de Souza.

É Realmente incrível e lamentavel como muitos passaram por ele, mas não fizeram historia alguma.

Anônimo disse...

Pra história de Tuparetama fica as fotos e textos de Tárcio.

Passaram também milhares de Silvas, que também lamentavelmente não fizeram história alguma.

E acredito que o único que vai conseguir e que demoliu o Pajeu Club.

hesdras souto disse...

O Pajeú Clube não fez a historia, ELE era a história...
Já que derrubaram para a construção de um novo clube... porque não preservar pelo menos o mesmo nome??? Eu até gostaria de vê um clube novo, mas com o velho e saudoso nome "PAJEÙ CLUBE"!!!

Anônimo disse...

A MAIOR PARTE DO TEMPO, O PAJEÚ O CLUBE FICOU NAS MÃOS DOS PERAZZO, E NESTAS MÃOS, NOS ULTIMOS ANOS FOI QUE ENTROU EM TOTAL DECADÊNCIA. COMO NA CIDADE JÁ TEM UMA ESCOLA E UM MATADOURO COM O MESMO NOME DE UM MESMO PERAZZO, É PROVÁVEL QUE NÃO SE REPITA UM NOME, PORQ ESTOU ADVERTINDO, MAS HESDRAS TEM RAZÃO, SERIA NO MÍNIMO DIGNO MANTER O NOME DO QUE DEIXARAM ACABAR. A PRÓPOSITO ROMERO LOUVA A CONSTRUÇÃO, MAS FORAM ELES QUE DEIXARAM ELE IR ACABAR.

Anônimo disse...

Discordo!!! Acho que fica melhor, PERAZZO CLUB!

Anônimo disse...

Chamada de trabalho! Temos que fazer um protesto, não podemos deixar isso acontecer.

Poderiamos fazer isso...


http://br.youtube.com/watch?v=1w6wmlYtmrU

Totonho disse...

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
PERAZZO CLUB... Seria o pior nome pra algo em Tuparetama!
Mesmo Assim gostei da PIADA!!!!

Anônimo disse...

ETA PAJEÚ BOM DA GOTA, QUE JÁ FOI PALCO DE BAILES DE FORMATURA, CARNAVALESCOS, ATRAÇÕES TEATRAIS, CANTORIAS, DESFILES E FESTAS DE CASAMENTO. POR QUE CAISTE NO ESQUECIMENTO? QUEM SE ESQUECE DOS FORAS E PRIMEIROS BEIJOS QUE ALI ACONTECERAM.
DAS MODAS IMPEDITIVAS QUE TOLHIAM O DIREITO DE DIVERSÃO DOS NEGROS E PESSOAS QUE NÃO SE VESTIAM CONFORME MANDAVAM OS "burgueZZes" DE PLANTÃO.
ETA PAJEÚ BOM DA GOTA,E A ÉPOCA DO FINADO NÊGO SANTANA, FINADO GONÇALO E HELENO DE JOSÉ NEGRINHO(estes tinham noção da importância deste club).BOTA UMA PINGA AI JONAS DE ANTÔNIO DE HILÁRIO, ETA DESCULPA, ESQUECI O PAJEÚ ESTÁ DEMOLIDO.
ERA O BAR COM O BALCÃO TRAVEJADO E ABAIXO DO PALCO, O PAJEÚ ERA SINGULAR.

meus peZZares por ter peZZoas que não têm noção do valor histórico-patrimonial do PAJEÚ CLUB.

Anônimo disse...

Ainda não sei qual será o nome do novo club, porém surgiro que não coloquem o nome daqueles que foram co-autores da sua decadência.
E se for por falta de sugestão, ai vai algumas: NÊGO SANTANA, GONÇALO LEITE, ZÉ PRETÃO, JOÃO SARINHA OU ATÉ ANTÔNIO BONITO que era seu vizinho do eterno PAJEÚ CLUB.

Anônimo disse...

Qual era o nome verdadeiro de Zé Pretão???? José....

Hesdras Souto disse...

Concordo plenamente com as idéias dos companheiros "ANÔNIMOS"...
Deveriamos colocar um nome que remetesse ao passado de festas e alegrias do PAJEÚ CLUBE. Vamos escolher um nome desse que os companheiros sugeriram acima!
Acho que João Sarinha seria um ótimo nome para um Bloco Carnavalesco em Tuparetama!!!
Acho que Zé Pretão seria um bom nome... Mas vamos fazer uma eleição pra vê qual o melhor nome! Nessa Sim, Eu terei o maior prazer em VOTAR!!!

Anônimo disse...

Quem é João Sarinha?

Hesdras Souto disse...

João Sarinha foi um dos Maiores Carnavalescos de nosso cidade! Foi quem, por muitos anos, animou de fato o Carnaval. Aliás, quando tinhamos CARNAVAL!!!

Anônimo disse...

Se fosse p/ votar em um nome para o Pajeú Club eu votaria em Nêgo Santana ou Gonçalo Leite pq foram eles q + animaram o Antigo Pajeú.

Anônimo disse...

Já eu votaria em Gonçalo Leite pelas antigas e inesquecíveis festas promovidas naquele recinto de tantas e tantas alegrias.

Anônimo disse...

Concordo com as sugestões dos nomes q possam figurar na fachada do velho Pajeú.

Anônimo disse...

Tadinho do Clube, pagou o pato !

O imóvel foi desapropriado, mas não tem dinheiro para construir nada no lugar e não há projeto para construir nada em lugar do que foi derrubado, isso é uma afronta à Lei de Responsabilidade Fisca e Dano ao Erário Público. Sem contar que a desculpa de derrubar porque o prédio estava ameaçando cair não existe tecnicamente, já que não há laudo de engenheiro autorizado para este fim.

Mero jogo de campanha política:


LEI COMPLEMENTAR Nº 101, DE 4 DE MAIO DE 2000.
Estabelece normas de finanças públicas voltadas para a responsabilidade na gestão fiscal e dá outras providências.

Art. 15. Serão consideradas não autorizadas, irregulares e lesivas ao patrimônio público a geração de despesa ou assunção de obrigação que não atendam o disposto nos arts. 16 e 17.
Art. 16. A criação, expansão ou aperfeiçoamento de ação governamental que acarrete aumento da despesa será acompanhado de:
I - estimativa do impacto orçamentário-financeiro no exercício em que deva entrar em vigor e nos dois subseqüentes;
II - declaração do ordenador da despesa de que o aumento tem adequação orçamentária e financeira com a lei orçamentária anual e compatibilidade com o plano plurianual e com a lei de diretrizes orçamentárias.
§ 1o Para os fins desta Lei Complementar, considera-se:
I - adequada com a lei orçamentária anual, a despesa objeto de dotação específica e suficiente, ou que esteja abrangida por crédito genérico, de forma que somadas todas as despesas da mesma espécie, realizadas e a realizar, previstas no programa de trabalho, não sejam ultrapassados os limites estabelecidos para o exercício;

II - compatível com o plano plurianual e a lei de diretrizes orçamentárias, a despesa que se conforme com as diretrizes, objetivos, prioridades e metas previstos nesses instrumentos e não infrinja qualquer de suas disposições.
§ 2o A estimativa de que trata o inciso I do caput será acompanhada das premissas e metodologia de cálculo utilizadas.
§ 3o Ressalva-se do disposto neste artigo a despesa considerada irrelevante, nos termos em que dispuser a lei de diretrizes orçamentárias.
§ 4o As normas do caput constituem condição prévia para:
I - empenho e licitação de serviços, fornecimento de bens ou execução de obras;
II - desapropriação de imóveis urbanos a que se refere o § 3o do art. 182 da Constituição.

Bem.

Tá tudo fora dos mandamentos legais. Sem contar que é um mero jogo político. Daí fica todo mundo "sonhando" com um lindo club novinho que não se sabe nem se vai existir um dia...

Acordem !!!

Eu.

Anônimo disse...

I found this site using [url=http://google.com]google.com[/url] And i want to thank you for your work. You have done really very good site. Great work, great site! Thank you!

Sorry for offtopic

Anônimo disse...

Who knows where to download XRumer 5.0 Palladium?
Help, please. All recommend this program to effectively advertise on the Internet, this is the best program!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails